Mitos e verdades sobre o suicídio

Como psicólogos, sabemos que, quando o assunto é suicídio, é muito importante veicular informações responsáveis, com vistas à prevenção.

Neste post, trazemos alguns mitos recorrentes sobre este tema, aos quais psicólogos precisam estar atentos.


O post de hoje traz alguns mitos recorrentes sobre este tema, aos quais psicólogos precisam estar atentos.




MITO: O suicídio é uma decisão individual, todos podem exercer seu livre-arbítrio.


VERDADE: A maior parte dos suicidas passam por alguma doença mental em estado grave, que altera significativamente sua percepção da realidade, interferindo em seu livre-arbítrio.


**


MITO: Quando uma pessoa pensa em se suicidar, terá risco para o suicídio pelo resto da vida.


VERDADE: Existem tratamentos completamente eficazes para o risco de suicídio.


**


MITO: Pessoas que ameaçam tirar a sua vida estão apenas querendo chamar atenção.


VERDADE: Muitas pessoas que tiraram a sua vida deram sinais de que iriam fazê-lo dias antes.


**


MITO: Quando a pessoa para de falar sobre seu desejo de tirar a sua vida, ela está fora de perigo.


VERDADE: Breves períodos de aparente melhora após a tentativa de suicídio continuam sendo de risco e precisam ser observados cuidadosamente.


**


MITO: Não devemos falar sobre suicídio, pois isso aumenta o número de casos.


VERDADE: A informação transmitida de forma responsável contribui na prevenção ao suicídio. Além disso, pessoas que pensam em tirar sua vida podem ter suas angústias aliviadas quando conversam com pessoas realmente dispostas a ajudar e que abordam o tema de forma adequada.


Aprendeu algo com este texto? Compartilhe com os colegas psicólogos e ajude a salvar vidas.


Referência:

Cartilha “Suicídio: Informando para Prevenir”, disponível em https://www.setembroamarelo.com/

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
whatsapp-icone-2.png